terça-feira, 17 de agosto de 2010

Nosso lugar.

Sei que todos os desvios e passos me levam sempre para o mesmo lugar, e ao chegar lá, eu sinto um delíquio ao te esperar parado no lugar de sempre, com esperanças que você volte sem dizer nada e apenas me abrace, me abrace forte como quando se sentia mal e queria refúgio em meus braços, e esquecendo tudo aquilo que agora se tornara passado, e sinto uma síncope logo depois de cair em consciência o fato de que você não virá, pelo menos não como planejo, mas sentiria um profundo alivio, me sentiria no mínimo digno se você estivesse aqui, neste mesmo lugar, no mesmo lugar que eu, neste lugar que já foi tão nosso.
Só te peço com todo o poder do sentimento mais "vestal" que tenho, para que acredite em mim quando digo que não sairei deste lugar, saiba que você pode vir sem medo, pois aqui é o nosso lugar, e eu sempre soube disso, por isso ainda te espero. Acredite em mim, e não demore para vir.

5 comentários: