terça-feira, 31 de agosto de 2010

Meu complemento.

Tudo isso já me feriu muito, varias vezes fiquei a ponto de achar que fosse ter um fim definitivo, mas uma parte em mim nunca desistiu, essa parte sempre te quis por perto, e essa parte sempre me fez acreditar que nós dois ainda seríamos felizes juntos, e que juntos estaríamos para sempre, e sempre. Não sei como chamar essa parte em mim, mas acredito que você também tenha isto em ti, e se for da mesma forma que eu sinto, então está ficando cada vez mais forte, cada vez é maior a certeza de que tudo dará certo, de que sermos felizes é só uma questão de tempo, e que esse tempo está diminuindo. Não preciso de mais nada quando estou contigo, esse sentimento cabal, pleno, tranquilo e feliz. Tudo vai dar certo, eu sei que sim.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Nosso lugar.

Sei que todos os desvios e passos me levam sempre para o mesmo lugar, e ao chegar lá, eu sinto um delíquio ao te esperar parado no lugar de sempre, com esperanças que você volte sem dizer nada e apenas me abrace, me abrace forte como quando se sentia mal e queria refúgio em meus braços, e esquecendo tudo aquilo que agora se tornara passado, e sinto uma síncope logo depois de cair em consciência o fato de que você não virá, pelo menos não como planejo, mas sentiria um profundo alivio, me sentiria no mínimo digno se você estivesse aqui, neste mesmo lugar, no mesmo lugar que eu, neste lugar que já foi tão nosso.
Só te peço com todo o poder do sentimento mais "vestal" que tenho, para que acredite em mim quando digo que não sairei deste lugar, saiba que você pode vir sem medo, pois aqui é o nosso lugar, e eu sempre soube disso, por isso ainda te espero. Acredite em mim, e não demore para vir.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Amnésia retrógrada específica.

Por tanto tempo menosprezei um sentimento em busca de elevar outro, como se isso fosse me ajudar a superar, como se odiar o amor me fizesse bem, como se isso fosse me ajudar a esquecer, mas quando me esqueci de tentar esquecer, foi quando percebi que tudo aquilo tinha virado apenas lembrança, e o sentimento, sido esquecido. Agora vivo pra ser feliz, e não me importa os obstáculos.
O que te faz feliz?

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Um.

[Este é meu primeiro post neste Blog, provavelmente não terá sentido algum.
Acho que para a maioria nem o nome do Blog faz sentido, mas por incrível que pareça tem significado, mas depois explico o porque deste nome, em outro post]

AGORA realmente vou começar o post.

Tenho 16 anos, é relativamente pouco, mas já passei por muitas coisas, tomei muitos choques na vida. Isso não faz com que eu possa dizer que sei mais da vida, mas isso faz com que eu saiba mais sobre a minha vida, meu ser, aprendi algumas coisas, ganhei uma bagagem de aprendizagens da vida, e espero que possa ajudar com pelo menos conselhos, uma pessoa que eu possa ajudar já me valerá de muito.