quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Deletério.

Porque quando eu gritava e te chamava, a voz que me atendia não era a sua, então mais uma vez chamava por ti, e novamente a outra voz respondia. A voz era doce e amável, dizia muito do que eu queria ouvir, mas não era a sua voz. Então decidi não mais procurar o som da sua voz, com o tempo acostumei com a outra voz, meus ouvidos aceitavam o doce som que aquela voz tinha, e que os conduzia a um enfâse no mundo dos mais belos sons, mas por mais que belo o som que saia daquela boca seja, e mesmo que meus ouvidos a aceitassem, meu coração ainda assim desejava a sua voz e não está voz usurpadora e doce que tentava toca-lo. Ela podia enganar os ouvidos, mas o coração sabia a verdade, pois o meu coração nunca esqueceu da unica coisa que o tocou de verdade, ele nunca esqueceria da primeira vez que flutou no som de sua bela, doce, afetuosa, harmoniosa e as vezes mórbida voz. Os ouvidos aceitaram, mas o coração continuou sua procura sem fim, e continua procurando a voz que o tocou, mesmo sabendo que não encontraria novamente, o coração é cheio de emoções conturbadas, ele não questiona apenas segue tais emoções, e assim continua a busca.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O simples paraíso de seu nome.

  O meu paraíso é simples, só basta te ter por perto, só basta saber que você está feliz por me ver, só basta saber que futuramente ainda serei feliz por te ter, e assim dia após dia terei um motivo para sorrir, e esse motivo é você, só você.
  As vezes me pergunto o porque não posso perder um segundo de ti, não sei a resposta, mas algo me diz que ela está em seus olhos, na verdade tudo o que procuro está em seus olhos, e o que não encontro lá é porque está guardado na forma com que sorri.
  Cada noite sem você é uma tortura, é um tédio, passo madrugadas contando os minutos que ainda preciso percorrer, para que você se deite novamente comigo, para que passemos madrugadas abraçados.
  Estou cada vez mais insano, cada vez mais conquistado pela doidice chamada de amor, e eu amo isso. Eu amo ser louco por você.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Quer mesmo saber?

  Do que me adianta fazer tudo, se você continua se importando com o nada?

  Uma vez me disseram que não existe um adeus, até hoje questiono isso, pois já tivemos tantas despedidas, será que agora não é hora do curto, doloroso, eterno e verdadeiro "Adeus"?
  Sinto vontade de gritar com você, não quero ser rude, só não suporto ver você errar, só não suporto nos afastarmos cada vez mais. Mas você parece não me escutar, não adianta gritar, você é incapaz de me ouvir, e minha garganta está cansada já, minha garganta está tão cansada, quanto minha mente e meu coração. Você ainda seria capaz de renovar minha energia? Ou devo procurar uma nova e segura fonte?
Eu sei o que vou fazer, e nada agora vai me fazer mudar, estou cansado demais, então sorria.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Um rumo certo.

  Os caminhos só podem ser certos se você souber aonde quer chegar; E eu sei, eu sei até aonde quero ir. Por muito tempo fiquei com medo de continuar, e quando chegar ao final do caminho você não estar lá, tive medo de não te encontrar no final; Mas agora sei, tenho a certeza que se eu continuar caminhando e você também, então nada nos impedirá de nos encontrarmos, não no final, pois também descobri que os caminhos não têm fim, mas o que importa é continuar seguindo em frente sempre.
 Quero te encontrar no meu caminho, para que assim caminhemos juntos, de mãos dadas e corações unidos, e assim te amarei a cada passo que dermos juntos, e se você se cansar e cair, então eu estarei lá com você, para te levantar e carregar-te em meus braços.
 Você só precisa prometer que caminhará comigo e que não dará passos pra trás.. E assim seremos um só, juntos pra sempre.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Meu complemento.

Tudo isso já me feriu muito, varias vezes fiquei a ponto de achar que fosse ter um fim definitivo, mas uma parte em mim nunca desistiu, essa parte sempre te quis por perto, e essa parte sempre me fez acreditar que nós dois ainda seríamos felizes juntos, e que juntos estaríamos para sempre, e sempre. Não sei como chamar essa parte em mim, mas acredito que você também tenha isto em ti, e se for da mesma forma que eu sinto, então está ficando cada vez mais forte, cada vez é maior a certeza de que tudo dará certo, de que sermos felizes é só uma questão de tempo, e que esse tempo está diminuindo. Não preciso de mais nada quando estou contigo, esse sentimento cabal, pleno, tranquilo e feliz. Tudo vai dar certo, eu sei que sim.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Nosso lugar.

Sei que todos os desvios e passos me levam sempre para o mesmo lugar, e ao chegar lá, eu sinto um delíquio ao te esperar parado no lugar de sempre, com esperanças que você volte sem dizer nada e apenas me abrace, me abrace forte como quando se sentia mal e queria refúgio em meus braços, e esquecendo tudo aquilo que agora se tornara passado, e sinto uma síncope logo depois de cair em consciência o fato de que você não virá, pelo menos não como planejo, mas sentiria um profundo alivio, me sentiria no mínimo digno se você estivesse aqui, neste mesmo lugar, no mesmo lugar que eu, neste lugar que já foi tão nosso.
Só te peço com todo o poder do sentimento mais "vestal" que tenho, para que acredite em mim quando digo que não sairei deste lugar, saiba que você pode vir sem medo, pois aqui é o nosso lugar, e eu sempre soube disso, por isso ainda te espero. Acredite em mim, e não demore para vir.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Amnésia retrógrada específica.

Por tanto tempo menosprezei um sentimento em busca de elevar outro, como se isso fosse me ajudar a superar, como se odiar o amor me fizesse bem, como se isso fosse me ajudar a esquecer, mas quando me esqueci de tentar esquecer, foi quando percebi que tudo aquilo tinha virado apenas lembrança, e o sentimento, sido esquecido. Agora vivo pra ser feliz, e não me importa os obstáculos.
O que te faz feliz?

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Um.

[Este é meu primeiro post neste Blog, provavelmente não terá sentido algum.
Acho que para a maioria nem o nome do Blog faz sentido, mas por incrível que pareça tem significado, mas depois explico o porque deste nome, em outro post]

AGORA realmente vou começar o post.

Tenho 16 anos, é relativamente pouco, mas já passei por muitas coisas, tomei muitos choques na vida. Isso não faz com que eu possa dizer que sei mais da vida, mas isso faz com que eu saiba mais sobre a minha vida, meu ser, aprendi algumas coisas, ganhei uma bagagem de aprendizagens da vida, e espero que possa ajudar com pelo menos conselhos, uma pessoa que eu possa ajudar já me valerá de muito.