domingo, 16 de outubro de 2011

Ainda lembro.

  Ainda lembro o que você usava da primeira vez que te vi,  ainda lembro de nossas primeiras conversas, ainda lembro o quanto eu te quis desde nossa primeira conversa, ainda lembro de como pedi que me permitisse um beijo, ainda lembro de como foi nossa história após nosso primeiro beijo, ainda lembro dos planos que criei sozinho sobre nós, ainda lembro quando decidiu que planejar algo junto era bem melhor, ainda lembro de todas músicas que dizíamos ser nossas, ainda lembro o seu sorriso iluminado pelos raios de sol e enfeitados pelas flores a nossa volta, ainda lembro de como diziam que combinávamos, ainda lembro dos nomes dos frutos imagináveis de nosso amor, ainda lembro de nossas brigas, ainda lembro de como se irritava com minhas atitudes, ainda lembro da sua cara de brava, ainda lembro do quão tolo fui por te deixar partir tantas vezes.
  E todos os dias a dor dilacerante me faz lembrar que não posso mais viver sem você. Quero que saibas que eu ainda lembro de nós.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Observando.

Estou sozinho, mas só estou te esperando, pois sei que daqui poucas horas irá voltar, e daremos boas risadas juntos como de costume, e nos amaremos mais uma vez.
Abro meu guardaroupa e na primeira gaveta só tem suas roupas, e dentre elas uma antiga calça de artes-marciais minha, aquela que você adora usar para dormir. Olho para o outro lado do quarto e no chão está seu sapatinho quadriculado em preto e cinza, que combina bastante com o meu sapatinho xadrez.
Estou escutando a música "Everything I ask for" da banda The Maine, a música diz algo como "Ela é tudo o que eu quero", e é divertido como deixar as músicas tocarem aleatóriamente, nos diz tanto.
Acabei de olhar para o relógio, e vi que ainda faltam umas quatro horas para que você chegue, é incrível como o tempo age de má vontade quando estou longe de ti.
Hoje mais uma vez vou te buscar na metade do caminho, e vou dizer que te amo, mais uma vez, e  então outra vez, assim como sempre dizemos antes de dormir, e sempre que acordamos, e é sempre de verdade.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Só existe você aqui.

  Fomos feitos um para o outro, mesmo em mundos diferentes, eu sei que é você quem me fará feliz. Como explicar que te amei desde a primeira vez que te vi? Iria acreditar se eu dissesse que desde aquele dia meu mundo gira em torno de ti?
  Tenho vontade de gritar bem alto que te amo, e deixar isso claro para o mundo todo, para que mais ninguém duvide do amor que sinto por ti. Eu vivo com a sensação que nunca te disse o suficiente, nunca te disse por completo o quanto quero que sejas minha para todo o sempre, mas também nunca te disse exatamente o quanto já me magoei com essa história..
  Eu me odeio por saber que já olhou para outros rapazes, fico triste em saber que já se  interessou por mais alguém, odeio saber que já planejou um futuro com outra pessoa, me dói saber que outro alguém já beijou seus lábios e te jurou amor, é horrível saber que já disse amar outra pessoa, saber que já sorriu e já sofreu por outro amor.
  Vivo meus dias pensando em formas de ser completamente único pra você, pois você é única pra mim, você foi a única pessoa que realmente amei, para ter você ao meu lado eu desistiria de tudo. Só basta estarmos juntos sem mentiras, que já encontro meu paraíso. Mas me pergunto se algo me faz único para você?

segunda-feira, 28 de março de 2011

Verum Meminisse

Dormir não me importa se não for pra sonhar com você, não quero nunca mais me deitar sem você por perto, não quero imaginar como é dormir sem sonhar com você. Os dias são intermináveis e as horas insistem em passar lentamente até que eu possa finalmente estar contigo, e quando estamos juntos é só de você que quero saber,  não me importa mais nada, meu mundo se torna você.
A ti não sei mentir, e nem quero saber isso, pois quem ama não mente, quem ama não ilude, quem ama não age por duas faces. A ti fui sempre sincero, e apenas te peço o mesmo. Não existem dúvidas, o que sinto é AMOR.
Sempre tive muitos planos, mas quando te conheci tudo isso ficou de lado, pois você se tornou meu sonho realizado, você é o MEU SONHO AZUL.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Deletério.

Porque quando eu gritava e te chamava, a voz que me atendia não era a sua, então mais uma vez chamava por ti, e novamente a outra voz respondia. A voz era doce e amável, dizia muito do que eu queria ouvir, mas não era a sua voz. Então decidi não mais procurar o som da sua voz, com o tempo acostumei com a outra voz, meus ouvidos aceitavam o doce som que aquela voz tinha, e que os conduzia a um enfâse no mundo dos mais belos sons, mas por mais que belo o som que saia daquela boca seja, e mesmo que meus ouvidos a aceitassem, meu coração ainda assim desejava a sua voz e não está voz usurpadora e doce que tentava toca-lo. Ela podia enganar os ouvidos, mas o coração sabia a verdade, pois o meu coração nunca esqueceu da unica coisa que o tocou de verdade, ele nunca esqueceria da primeira vez que flutou no som de sua bela, doce, afetuosa, harmoniosa e as vezes mórbida voz. Os ouvidos aceitaram, mas o coração continuou sua procura sem fim, e continua procurando a voz que o tocou, mesmo sabendo que não encontraria novamente, o coração é cheio de emoções conturbadas, ele não questiona apenas segue tais emoções, e assim continua a busca.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O simples paraíso de seu nome.

  O meu paraíso é simples, só basta te ter por perto, só basta saber que você está feliz por me ver, só basta saber que futuramente ainda serei feliz por te ter, e assim dia após dia terei um motivo para sorrir, e esse motivo é você, só você.
  As vezes me pergunto o porque não posso perder um segundo de ti, não sei a resposta, mas algo me diz que ela está em seus olhos, na verdade tudo o que procuro está em seus olhos, e o que não encontro lá é porque está guardado na forma com que sorri.
  Cada noite sem você é uma tortura, é um tédio, passo madrugadas contando os minutos que ainda preciso percorrer, para que você se deite novamente comigo, para que passemos madrugadas abraçados.
  Estou cada vez mais insano, cada vez mais conquistado pela doidice chamada de amor, e eu amo isso. Eu amo ser louco por você.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Quer mesmo saber?

  Do que me adianta fazer tudo, se você continua se importando com o nada?

  Uma vez me disseram que não existe um adeus, até hoje questiono isso, pois já tivemos tantas despedidas, será que agora não é hora do curto, doloroso, eterno e verdadeiro "Adeus"?
  Sinto vontade de gritar com você, não quero ser rude, só não suporto ver você errar, só não suporto nos afastarmos cada vez mais. Mas você parece não me escutar, não adianta gritar, você é incapaz de me ouvir, e minha garganta está cansada já, minha garganta está tão cansada, quanto minha mente e meu coração. Você ainda seria capaz de renovar minha energia? Ou devo procurar uma nova e segura fonte?
Eu sei o que vou fazer, e nada agora vai me fazer mudar, estou cansado demais, então sorria.